30 de abril de 2007

--
--
entra pelo canto
esquerdo
do meu olho
assim frusciante

esquece de lidar
politicamente
polidamente
durante o abraço

tão
tão frusciante, você está hoje

desiste de se recompor


--
--

3 comentários:

André |F. disse...

gostei desse seu também. lembra-me alguma coisa que não sei o quê.

sei lá, sinto que nesse meu último escrito postado me passei um pouco/ meio barroco ou rococó. mas que bom que teve algum efecto.

G.A. disse...

Belo teste!!!

gosto do que e de que como você escreve.

depois passa lá:

comeceiaser.blogspot.com

continua...

ana rüsche disse...

passo aqui e procuro novos poemas, escritos.

há testes tb aqui do outro lado.