21 de outubro de 2005

--
"pára de ser tão visceral, menino"
e ele pára.
agora erra entre gêneros
vira à esquerda de menor ângulo
foge às vezes para a praia.
pede de empréstimo aquela força
daqueles em quem não confia.

continuo, em minha cabeça, contando a ele minhas descobertas
ainda não há certeza se ele não sou eu.

---

12 comentários:

Anônimo disse...

Gastronomique Interviews Julie Powell
Julie/Julia Project. She decided to cook every recipe in Julia Child's Mastering the Art of French Cooking over the course of one year, all 524 of them in 365 days in her little Queens kitchen, and to each day ...
Hey you've got a great blog here, the best I've seen so far, keep up the good job! A few days ago I was surfing the web and came across this cool site on Online loans - apply for loans online. It features all sorts of interesting information on Online loans - apply for loans online and makes it super easy to apply online. Now I know that people want fast services I recommend they visit Online loans - apply for loans online for quick and hassle-free service.

Fernando Palma disse...

Passei aqui pra conhecer este espaço.
Adorei a originalidade dos poemas. Seu modo de escrever nos faz sentir proximos.

.
Ate mais.

Alexandre disse...

minha poetisa...

Alexandre disse...

Um grande beijo e de volta à vida!

dada tida disse...

nem eu....

Allegro disse...

Descaso da consciência em forma de maldade. Ilustre reflexo incandescente que desagua numa lágrima. Tuas palavras são como um reconhecer-se ausente para dentro da imensidão. Um poeta uma vez disse: "descobriremos que somos incapazes de estar à altura da vida"... hoje penso que é ela que é incapaz. Boas palavras. Arcaicas.

Allegro disse...

batalhando ainda... quem sabe num futuro próximo?...

pedro pan disse...

, vários são os ângulos para o menino, (ângulações viscerais?).descobertas...

hoje descobri este blog, gostei. voltarei outras vezes, serei eu bem vindo por aqui?

|abraços|

F. A. Barros disse...

Por que você tirou o endereço do Totalidade? Vou agir na base da reciprocidade e tirar o seu. E jamais aqui retornar.

F. A. Barros disse...

E ainda retiras meu comentário? Se assim, inclusive para me censurar, por favor não volte lá. Seu link foi retirado.

F. A. Barros disse...

Fui precipitado. O Blogger ainda não havia publicado o comentário. Portanto, se assim preferir, delete esses dois últimos.

F. A. Barros disse...

Fui precipitado. O Blogger ainda não havia publicado o comentário. Portanto, se assim preferir, delete esses dois últimos.