24 de junho de 2006

__

a boca tem uma memória

*

que é
por fora
de patas de formigas pelos lábios
por dentro
borboletas entre a língua e o céu da boca

as cores são o que vem de fora
mas passam por entre os poros
e viram dança no corpo

(os aborrecidos começam a dançar pelos órgãos
os tímidos: o peso do corpo os inibem ao chão)
eu danço de cores depois dos sons


*
ou minha memória começa pela boca

--

10 comentários:

Julio Carvalho disse...

A memória tem o gosto bom da saudade...

hugo disse...

eu venho aqui, viu?
e como vc conhece esse blog de nome "fatal beco sem saída"?

dada tida disse...

gosto... :)

eduárido disse...

me lembra um quadro do Dali - com formigas, e bocas e tudo o mais.

mabem disse...

eu gosto de me lembrar do gosto das formigas...

Dannyeu disse...

Uh lá lá...
muito bom!!!!

eduárido disse...

mais!

Allegro disse...

não dá pra dizer, mas estas formigas tuas...

PHYLOS disse...

Perfeito. Abç

Rodrigo disse...

Formigas? Sim, no molho de pimenta as saúvas ficam boas... mas seu cheiro é melhor.